Objetivos


Formar profissionais que, independentemente da área específica em que venham atuar, em zoologia, botânica, ecologia ou genética, possuam uma formação em questões abrangentes relacionadas à Evolução e Diversidade. A formação oferecida fornecerá conhecimentos pertinentes ao desenvolvimento de pesquisas em grupos taxonômicos específicos (animais, plantas e microorganismos) abordando diferentes aspectos (ecológico, sistemático, biogeográfico, conservacionista), em diferentes níveis (do molecular ao macromorfológico). O programa pretende direcionar a formação de profissionais para o domínio dos instrumentos conceituais e metodológicos necessários a uma pesquisa integrada, necessária para a investigação de problemas e fenômenos complexos relacionados à biodiversidade.

Acreditamos que os profissionais formados por qualquer curso na área de biodiversidade devam possuir conhecimentos gerais das diferentes áreas afins que sejam sólidos o suficiente de modo a possibilitar uma interconexão entre as tradicionalmente fragmentadas áreas de conhecimento da biologia. Por outro lado, é importante que os profissionais formados por qualquer curso na área de biodiversidade possuam os conhecimentos aprofundados de áreas específicas, especialmente considerando que as oportunidades de inserção no mercado de trabalho normalmente se pautam por estas divisões disciplinares.

Um aspecto incentivado no programa é a co-orientação dos alunos do curso por docentes de áreas afins, mas que possuem formações distintas ou complementares. Isso possibilita aos estudantes aprender conceitos e técnicas tradicionalmente utilizados nas diferentes subáreas de conhecimento e aplicá-los em suas dissertações e teses.